© 2014 todos os direitos reservados

D2P Desenvolvimento de Pessoas e Projetos

​Telefone:  (61) 98606-1488
E-mail: desenvolvimento@grupod2p.com.br

 

Grupo ou Equipe?

(Por D2P - setembro 2014)

 

 

Quantas vezes você já ouviu que o melhor e o correto é o trabalho em equipe e não

o trabalho em grupo?

 

Propomos aqui algumas reflexões a partir de duas perguntas:

  • Em que situação ser um grupo de trabalho é mais vantajoso do que ser uma

equipe de trabalho?

  • Para que um grupo de trabalho deve se tornar uma equipe de trabalho?

 

A verdade é que há vantagens nos dois, considerando, entre outros, que nem sempre é preciso alcançar resultados coletivos. Por isso mesmo, nem sempre um grupo de trabalho deve se tornar uma equipe.

 

Para entender o assunto, adotemos aqui a escala de desenvolvimento entre grupo e equipe, de Jon Katzenbach e Douglas Smith, que nos mostra cinco categorias:

 

  1. Pseudo-equipe: profissionais que podem até ter a mesma função e obrigações, mas trabalham individualmente, sem necessidade de resultados coletivos. São independentes. Exemplo: telefonistas.

  2. Grupo de trabalho: trocam informações entre si, mas sem que haja interseção entre seus trabalhos. Exemplo: alguns grupos de profissionais de informática ou de telemarketing.

  3. Equipe potencial: profissionais reunidos sem propósitos, mesmo com objetivos comuns. Preocupam-se com o resultado coletivo, mas ainda não possuem identidade, metodologia e desempenho coletivos.

  4. Equipe real: os resultados são coletivos e não mais individuais. Já existe propósito, objetivos claros, metodologia e desempenho coletivos.

  5. Equipe de elevado desempenho: nela, o trabalho e o resultado são compartilhados, há sensação de bem-estar e pertencimento. O propósito e a direção são bem claros e compreendidos e há abertura para discordâncias e aprendizado. Cada um é responsável pelo todo e pelos outros.

 

Dois pontos devem ser observados: cada categoria possui sua razão de ser; e, dependendo de situações específicas e aspectos gerais do trabalho, equipes podem oscilar entre estas categorias.

 

Independente disso, na prática, grupos e equipes possuem características facilmente identificáveis:

 

  • Grupo de Trabalho - Liderança definida; Engajamento individual; Resultados do trabalho individuais; Objetivos e metas comuns; Representado pelo Líder; Orientado para aprendizagem individual.

 

  • Equipe de Trabalho - Liderança compartilhada de acordo com a necessidade da tarefa; Engajamento individual e coletivo; Resultados do trabalho coletivos; Objetivos e metas comuns e alcançados pelo esforço coletivo; Representada por todos os membros; Orientada para a aprendizagem de todos os membros.

         

Então, você me pergunta: grupo ou equipe? Depende da necessidade e do objetivo. O importante é que não seja exigido de um grupo uma performance de equipe. Nem o contrário. E, havendo interesse e possibilidade, que as equipes sejam desenvolvidas para chegarem ao alto desempenho.

 

Sucesso a todos!